A parceria entre Osesp e Naxos-Movieplay reforça a busca pela mais elevada qualidade musical que tem movido todos os profissionais envolvidos. Há cerca de 22 anos, a Movieplay do Brasil foi pioneira no lançamento do Compact Disc no mercado nacional, destacando-se pela qualidade de seus CDs e DVDs. Desde 1997, a empresa representa o selo Naxos-Marco Polo no país. Criada em 1987, com sede em Hong Kong, a Naxos tem lançado obras clássicas de repercussão m undial e possui atualmente um acervo de mais de 2000 títulos, incluindo um dos maiores catálogos, senão o maior, de obras do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos.Em 2012, a Naxos comemorou seu 25º aniversário, com a promessa de grandes lançamentos para os amantes da música erudita, entre eles, as obras de Prokofiev e Villa-Lobos.
Esta parceria faz com que sejamos inovadores e criadores de tendências com uma habilidade para prevermos e modelarmos o mercado.

OSESP

Desde seu primeiro concerto, em 1954, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo - Osesp - trilhou uma história de conquistas, que culminou em uma instituição hoje reconhecida internacionalmente pela excelência. Com mais de 50 CDs lançados, a Osesp tornou-se parte indissociável da cultura paulista e brasileira, promovendo transformações culturais e sociais profundas. Além das turnês pela América Latina, Estados Unidos, Europa e Brasil, o grupo realiza desde 2008 a turnê Osesp Itinerante, pelo interior do estado de São Paulo, promovendo concertos, oficinas e cursos de apreciação musical para mais de 170 mil pessoas. Também em 2008, foi indicada pela revista Gramophone como uma das três orquestras emergentes às quais se deve prestar atenção. Em 2012, Marin Alsop assumiu o posto de regente titular, contando com o brasileiro Celso Antunes como regente associado e o francês Yan Pascal Tortelier como regente convidado de honra.

MARIN ALSOP

Aclamada internacionalmente pela criatividade de seus programas e pela interpretação inovadora de repertório, a novaiorquina Marin Alsop assume em 2012 o posto de regente titular da Osesp, onde permanecerá até 2016. Diretora musical inspiradora, Marin é conhecida pela capacidade de imprimir dinamismo a orquestras e aprofundar sua interação com o público e a comunidade. Foi a primeira mulher a ser premiada com o Koussevitzky Conducting Prize do Tanglewood Music Center, onde foi aluna de Leonard Bernstein. Em 2003, foi a primeira artista a receber, no mesmo ano, o Conductor's Award, da Royal Philharmonic Society, e o título de Artista do Ano da revista Gramophone. Em 2005, foi a primeira regente a receber a prestigiosa bolsa da Fundação MacArthur. É diretora musical da Sinfônica de Baltimore desde 2007.